TCC

Tipos

Tipicamente, um TCC é sobre: (i) o desenvolvimento de algum sistema, (ii) um estudo de campo, ou (iii) um tema de ponta relacionado a Sistemas de Informação.

O primeiro tipo de TCC envolve a implementação de um sistema ou o projeto de uma infraestrutura. Espera-se a construção de um recurso ao menos de médio porte que apresente dificuldades para as quais o aluno irá elaborar soluções. Espera-se também que o aluno use tecnologias que nem tenham sido abordadas durante o curso, de modo a mostrar que tem capacidade de continuar aprendendo por conta própria.

O segundo tipo de TCC envolve um estudo de campo, geralmente com a aplicação de questionário, realização de entrevistas ou qualquer outro instrumento que possibilite um levantamento de opiniões ou de práticas sobre o uso de uma tecnologia, uma solução, um processo ou qualquer objeto de interesse relacionado a Sistemas de Informação. Espera-se que o autor desse tipo de TCC justifique a necessidade da pesquisa, apresente os instrumentos elaborados e relate de forma estruturada os resultados obtidos.

Finalmente, o terceiro tipo de TCC envolve a apresentação e discussão de um tema de ponta na área de Sistemas de Informação. Neste caso, espera-se que o aluno leia diversos trabalhos recentes sobre o tema, seja capaz de resumir o histórico e discutir as tendências. O que se avalia, de fato, é a capacidade do aluno estruturar o discurso sobre o tema.

Não há exigência de inovação num TCC, embora ela seja desejada.

 

Processo

No curso existem duas disciplinas relacionadas ao trabalho de conclusão: Projeto de Graduação I e Projeto de Graduação II. Na primeira, o aluno acorda com algum professor-orientador qual será o trabalho a ser desenvolvido. Ao final de PG1, o aluno apresenta um relatório apontando: o orientador do TCC, o tema e o tipo de TCC; o projeto que será executado; e um cronograma das atividades a serem realizadas até a defesa do TCC. O aluno desenvolve o trabalho acompanhado por seu orientador. É na disciplina PG2 que o aluno defende o seu projeto. Fica a dica: só se inscreva em PG2 se você e seu orientador tiverem certeza de que o TCC será defendido naquele período, pois se não for defendido você será reprovado na disciplina.

A defesa é o momento em que o aluno apresenta seu projeto de graduação para uma banca composta por seu orientador e um outro professor (um ou mais), sendo ao menos um deles obrigatoriamente do Departamento de Informática Aplicada da UNIRIO. Orientador e aluno combinam a composição da banca, convidam os professores selecionados e com eles combinam a data mais adequada para a defesa. Ambos, aluno e orientador, assinam o documento de agendamento da defesa de TCC, que deve ser entregue na secretaria com 2 semanas de antecedência para que a defesa seja divulgada para todos os alunos e professores do curso. O texto do TCC deve ser enviado para a banca também 2 semanas antes da defesa. A data limite para a defesa é no término das atividades acadêmicas de cada semestre (data que consta no calendário acadêmico da UNIRIO).

Durante a defesa, o aluno tem de 20 a 30 minutos para apresentar seu TCC. Em seguida, o aluno é arguido por cada professor da banca e deve responder às perguntas recebidas. A banca fará comentários baseados no texto da monografia e na apresentação que acabou de assistir. Concluída a fase de questionamentos, a banca se reúne para deliberar sobre o TCC. A nota atribuída pela banca ao trabalho de conclusão é registrada na disciplina PG2.

NORMAS PARA A ELABORAÇÃO E A APRESENTAÇÃO DO TCC

ATA DE DEFESA DE PROJETO DE GRADUAÇÃO:   formato pdfformato odt

AUTORIZAÇÃO PARA PUBLICAÇÃO DO TCC:   formato pdf,   formato odt

 

Modelo

A monografia é o principal resultado de um projeto de conclusão de curso. O aluno deve conversar com seu orientador sobre o conteúdo e a extensão da monografia, mas geralmente o documento contém cerca de 50 páginas e é estruturado em 5 capítulos:

  1. Introdução (justificativa, objetivo(s), organização do texto)
  2. Revisão bibliográfica
  3. Proposta de trabalho
  4. Apresentação de resultados
  5. Conclusão (contribuições, trabalhos futuros)

Os capítulos de introdução e conclusão tendem a ser pequenos, com cerca de 2 a 5 páginas cada, enquanto os capítulos centrais tendem a ter de 10 a 15 páginas cada. Esses são os valores esperados, mas a quantidade de páginas de cada capítulo depende do conteúdo e da quantidade de informação a ser apresentada. O texto é do gênero “redação científica”, devendo seguir a norma culta da língua e devendo citar e referenciar textos de acordo com as normas ABNT. Os padrões de formatação do texto estão neste documento online: <modeloTCCdoBSIUNIRIO>

 

Publicações
Os trabalhos já defendidos são publicados em nosso site para servirem de exemplos do que se espera de um TCC e de possíveis temas, além de constituem uma boa fonte de informação sobre tópicos específicos e atualizados na área de Sistemas de Informação. Uma dica: se você gostar de algum TCC, procure o professor-orientador daquele TCC e informe-se da possibilidade de dar continuidade ao trabalho ou elaborar um novo projeto seguindo a mesma linha.

É importante que aluno e professor-orientador tenham interesse no trabalho em desenvolvimento, pois o TCC requer o engajamento de ambos. Ao fazer o TCC, muitos alunos se enrolam por: já estar trabalhando e não ter tempo (ou interesse?) para se dedicar ao projeto do TCC, ter que aprender novas tecnologias, ter que estudar um tema em profundidade, ter que redigir uma monografia sobre o assunto estudado, dentre outros motivos. Em vez de encarar o TCC como uma dificuldade, encare-o como um desafio, uma oportunidade para sair de sua zona de conforto e aprender coisas novas!

Veja aqui as publicações dos TCCs do BSI.

mapa CCET - Avenida Pasteur, 458 - Urca
Rio de Janeiro / RJ - CEP: 22290-255
Telefone: (21)3873-6400